Serenidade para adquirir Coragem e Sabedoria - Alcoólicos Anônimos

 Hoje não senti vontade de beber, mas fiquei com medo dos meus pensamentos algumas vezes durante o dia. Infelizmente minha casa está cheia de bebida, pois todos podem beber, menos eu. Sinto preconceito dentro de minha própria família; estão todos satisfeitos por eu não estar bebendo, mas acham que eu posso controlar. Até entendem sobre o alcoolismo, mas não fazem idéia o que sinto.

Li em uma partilha sobre o despertar espiritual e senti vontade de escrever. Creio que o meu despertar foi a partir do momento que fiz o meu primeiro passo completo, porque até então eu só admitia ser alcoólica, não achava que havia perdido o controle da minha vida. Sofri mais um pouco.

Tenho hoje a idéia do que estou falando, mas na época eu estava cega, obcecada pelo álcool e não percebia, no entanto, sei perfeitamente que sou impotente perante o álcool e perdi o controle da minha vida. A partir desse momento tive um encontro comigo mesma e descobri que há um Poder Superior a mim que me protegeu a vida toda e eu não percebia. Este despertar foi muito lindo resultando na felicidade de estar sóbria e a cada dia mais próxima da sobriedade com serenidade. Creio estar no caminho certo.
Tenho problemas e muitos, mas isso só me mostra que se eu beber deixarei de resolver alguns e criar muitos outros.
Estou muito feliz por estar sóbria e fazer parte da Irmandade de A.A., a qual me proporciona uma programação para reformular minha vida: modificar aquilo que posso e aceitar o que não posso. Aprender a lidar com meu emocional, parte que mais me incomoda no momento e pode sim, me levar a uma recaída.

Só através da serenidade poderei adquirir coragem e sabedoria.
Na minha caminhada procuro ser honesta e sincera primeiro com o Poder Superior e depois, comigo mesma, com os companheiros e com certeza, tudo dará certo!

Agradeço ao Poder Superior e à Irmandade de Alcoólicos Anônimos, meus companheiros, por mais um dia distante desse primeiro gole.

Desejo a todos mais 24 horas de sobriedade e paz!

Com carinho

http://www.revistavivencia.org.br/modules.php?name=Conteudo&pid=9